Monday, April 03, 2006

 

Venture Capital em empresas de serviço de software

No livro do Cusumano tem uma conclusão interessante sobre Venture Capital e empresas de serviço de software.

É um beijo da morte.

Estas empresas tendem a inchar, sem que a receita recorrente acompanhe o headcount. No momento que o dinheiro do VC acaba, a empresa fica com o caixa negativo e depois quebra. Normalmente elas crescem as despesas, por causa da disponibilidade de caixa oferecido pelo VC, de formas variadas sem uma correspondência das receitas. A forma de aumento das receitas são as mais variadas e muitas vezes perdulárias.

Situação diferente de uma empresa de produto ou híbrida em que o dinheiro do VC é utilizado na construção do produto. Neste caso é um investimento em um ativo que depois será vendido de forma recorrente. Ou este ativo ajudará a vender mais serviço (para o caso das híbridas).

Comments:
Camilo,

dê uma olhada nesse topico sobre bootstraping
http://blog.fabioseixas.com.br/archives/2006/03/bootstrapping.html

Tem muito a ver com essa história de que VC Capital nem sempre é bom para o negócio. E não é só para empresas de software.

abraço
 
Ele está certíssimo. O principal problema com empresas de serviço/consultoria/desenvolvimento de software é que é impossível escalar geometricamente a receita e os lucros.

Se estiver interessado: http://www.joelonsoftware.com/Articles/CamelsandRubberDuckies.html
 
Muito embora concorde que esse é um caminho usual, é sempre bom não esquecer que, no final, a perda principal é do grupo de investidores, e esses estão, cada vez mais, ariscos.
O que eu vejo é uma pobreza em termos de Business Plan. O pessoal coloca um % grande de participação de determinado mercado e uma taxa de crescimento que viabilize a aprovação do projeto. É um pouco de enganação / alucinação coletiva. Projetos são lentos e demoram anos, em especial, nas economias menos dinâmicas como a nossa, no Brasil.
Alvaro Zerkowski
 
Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

O nome TellEsfera foi criado e gentilmente cedido por Laert do Animale Irracionale